Renato Russo - O Trovador Solitário (1982)

Renato Russo como O Trovador Solitário em 1982, período pós Aborto Elétrico e pré Legião Urbana. Renato começou a se apresentar num esquema voz e violão, abrindo shows das bandas amigas de Brasília, período de algumas vaias do público punk mas, de fundamental importância para um compositor aberto à outras influências como o folk de Bob Dylan e Nick Drake. Esta gravação é dos registros de Renato de suas canções com um gravarzinho desses que todo mundo tinha no início dos anos 80. Interessante notar que algumas letras ainda não haviam tomado a forma definitiva que viriam a ser conhecidas mais adiante.

1. Dado Viciado
2. Eduardo e Mônica
3. 18 e 21
4. Geração Coca-Cola
5. Veraneio Vascaína
6. Anúncios de Refrigerante
7. Marcianos Invadem a Terra
8. A Canção ao Senhor da Guerra
9. Boomerang Blues
10. Faroeste Cabolclo

NOVO LINK: [ DL ]

11 comentários:

Johnatan França disse...

Legião eh d+++++...

ah.. obrigado pelo link...

Anônimo disse...

please please please repost, it is out of rapidshare

a swedsih fan request

Anônimo disse...

please correct your blog rapishare is gravarzinho que rata em mano

Ezequiel disse...

Tudo sobre a Legião Urbana

história | fotos | linha do tempo | notícias | curiosidades | músicas | Vídeos | donwloud

visite www.forcasempre.com.br
__________________
ainda somos a Legião!

LUTO disse...

ola! eu sou um eterno amante do meu eterno amo "RENATO"BEM TUDO OQ FIZEREM EM HOMENAGEM A ELE SERA POUCO PQ ELE SERA ETERNAMENTE UM"DEUS DO AMOR,DO ROCK,DEUS POETA,APAIXONADO,E FIEL A SEUS FÃS EMUSICAS" PARA MIM ELE SERE MEU "PRIMEIRO,UNICO E ETERNO AMOR" ELE ME PASSA MUITAS COISAS SOBRE ESTA VIDA Q LEVAMOS ESTE MUNDO MISERO DIGNO DE PENA" MUNDO INSANO Q ELE NÃO MERECIA TER NASCIDO ESTE MUNDO NÃO O MERECE E NUNK O MERECEU POR ELE SER UM VERDADEIRO DEUS UM GENIO DA MUSICA E DO AMOR.BEM ESSAS SÃO ALGUMAS COISAS Q ESTÃO ENGASGADAS EM MINHA ALMA.EU SEI Q DEUS O COLOCOU EM UM BOM LUGAR AO LADO DELE ETERNAMENTE E SEI QUE QUANDO DEUS ME CHAMA SEI Q IREI FCAR AO LADO DO MEU GRANDE AMOR. BJUSSSSSSSS PARA TODOS FORTE ABRAÇO E "FORÇA SEMPRE"

Doouglas JT disse...

Poosta de novo !

- disse...

''Tanto ao falar de política quanto ao falar de amor,uma única linha norteava sua poética: a busca da ética perdida.'' Resumindo...Renato era uma avalanche de genialidade!!

Anônimo disse...

SOLIDÃO CÓSMICA

Caríssimo amigo,
Por aqui, a vida segue seu curso normal. Nada mais natural.
A Terra continua na sua carreira desabalada, cada vez mais acelerada, rumo ao novo milênio, cativando os terrestres com seu paraíso de vaidade, luxo, oco prazer e os germes da hipocrisia (hoje em dia bem aceita).
O mal do século continua a solidão acompanhada pela ambição e pelo preconceito, isto não tem mesmo jeito.
No Brasil, tentam novamente criar um clima de alto astral, tipo “Pra frente Brasil”, como nos dias de ditadura, te lembras?
A essência permanece a mesma, só muda a aparência.
O povo, como sempre aproveita a alegria fugaz, aquela epidemia ofegante do carnaval;
a vitória por meio da Copa que virá para não se pensar nos problemas que virão.
No geral, o quadro continua corriqueiro: um verão de blecautes, chuvas de granizo enchentes de escândalos, terremotos, tsunamis, e querem atribuir tudo ao El Nino.
A dengue aumentou, estou dengosa; há casos de febre amarela, mas o câncer da alma diminuiu.
O descalabro da educação para conseguir bolsas nas escolas públicas; o desemprego constante (eu e nossos amigos continuamos a procurar emprego); a cara de pau dos congressistas com mais uma convocação para sessões extraordinárias, ainda mais em ano eleitoral. Há sujeira e CPIS pra todo o lado, normal.
Como vê, “a coisa continua coisando por aqui.” Nada mudou, mudam as estações; mas os dias são todos iguais, um tédio com um T bem grande.
Poucos percebem o outono chegar, e aqui, na minha rua, há pólen no ar...
Porém, sempre desvio meu olhar desse itinerário contemplativo para o ponteiro do relógio, que continua atrasado. Mas ainda é cedo!
E para evitar o risco de cair no surto da apatia e da melancolia (você bem sabe dessa minha fraqueza), recomecei a terapia de caminhar de bicicleta todos os dias para espantar a tristeza, para que não seque e mirre o coração nem encolha a alma (já não tenho 1.60cm). Mas tudo bem! Por enquanto, deixe pelo menos, uma janela aberta para que eu possa, de vez em quando, te ver, amigo querido.
Jamais ouvi dizer, que algum amigo tivesse esquecido o lugar onde enterrou seu tesouro, porque existem amigos, que são únicos, mas que irmãos.

“O AMIGO AMA EM TODO O TEMPO E, NA ADVERSIDADE, ELE SE TORNA UM IRMÃO.” Provérbio 17, 17

Regina Rousseau

Elokiza disse...

Renato Russo pra sempre

Anônimo disse...

Olá,
Parabéns pelo conteúdo.
Minha recomendação pra quem curte música:

http://examedevista.wordpress.com/2011/06/18/musica-e-o-apreco-as-diferencas/

Luciano Maia disse...

gente,

um texto baseado na música ÍNDIOS.

Neste link seguro:
http://reverendomaia.blogspot.com/2011/07/saudade-do-que-eu-ainda-nao-vi.html

Luciano Maia